Reajuste salarial de 10,16% Mas a margem continua negativa?!?


Em janeiro de 2022 foi aprovado um percentual de reajuste salarial para aposentados e pensionistas do INSS realmente bom, considerando os últimos anos.

O reajuste aprovado foi de 10,16% elevando o salário mínimo de R$1.100,00 para R$1.212,00.

Para quem ganha acima de um salário teve o mesmo reajuste de 10,16%.


Os beneficiários do INSS já começam a receber seu salário reajustado no final de janeiro conforme calendário de recebimento de cada um.


Porém com o recesso do congresso no final de 2021 e a NÃO votação da MANUTENÇÃO DO 5%, como era esperado, todos que utilizaram da margem de 5% teve um início de 2022 diferente, de uma forma ruim!

Não podendo fazer sua margem nova referente ao reajuste salarial, como de costume.


Todos os anos milhares de aposentados e pensionistas do INSS esperam seu aumento salarial para fazer em janeiro a margem nova do reajuste no consignado, pois sendo a melhor opção de crédito do mercado, tem a menor taxa de juros e flexibilidade de prazo, eles procuram o consignado para pagar as contas de início de ano, como IPTU, IPVA e ajudar familiares com matrículas escolares e material escolar para filhos e netos....

Nesse momento a situação ainda está pior, pois como foi antecipado o décimo terceiro no início de 2021 não tiveram recursos para as festividades culturais, comemorativas do final do ano (se tratando do ano passado 2021) Esse cenário crítico levou a vários aposentados e pensionistas do INSS a procurarem empréstimos mais caros com juros muito mais altos (como exemplo o crédito pessoal) fazendo que os mesmos se endividassem ainda mais, comprometendo grande parte de sua renda já nesse início de ano de 2022.

Isso traz a população um desespero pois é nesse momento que os aposentados e pensionistas precisam e por questões políticas eles não tem a ajuda que necessitam nesse momento!


A NÃO votação da MANUTENÇÃO DO 5% no final de 2021 causou e ainda está causando um terror econômico para várias pequenas empresas, que trabalham nesse ramo de financeira, pois sem ter o que ofertar para seu maior público muitas empresas tiveram que fechar as portas e dispensar funcionários (levando desempregos a diversas famílias) isso realmente abalou e continua fazendo estragos pois são milhares de correspondentes que vivem desse ramo financeiro e aguardam ansiosamente pela votação da manutenção do 5% como lei para poderem voltar a trabalhar e começar a girar seu comércio fomentando empregos ajudando famílias a se manterem.




A nossa esperança é que assim que o congresso voltar de seu recesso possam votar com urgência o PL que pede a manutenção do 5% para que todos possam ficar com suas margens positivas podendo fazer sua margem do reajuste salarial de 2022 e refinanciar seus contratos normalmente!

Vamos aguardar.


#Fique Ligado

#Mastercred





Acompanhe nosso trabalho! Se inscreva em nosso canal.:






440 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo